Kill the Nazi Scum

Ventos perigosos assolam a terra tupiniquim, você consegue sentir? Um desaforo em bafo quente no cangote do trabalhador chamado demasiado cansado.
Motivos para sorrir parecem fúteis demais para em algum momento significar algo.
Uma nação perdida entre rumores e vontades, mas estamos tão desorientados quanto ao que está por vir, pois insistimos em não abrir os olhos ao horror que nos cerca.
A toda ignorância abençoada seja louvado o nome de nosso Senhor e de nossas sagradas famílias e assim vamos seguindo como reles cidadãos de bem em um mundo ameaçado pelo fantasma imaginário.
E isso aqui não é discutir fumaça pois a Amazônia já queimou em chamas e o “óleo da Venezuela” mancha e contamina os lençóis maranhenses, lençóis esses que não abrigam do frio um morador de rua que é enxotado com um banho de água fria nas ruas da Higienópolis.
Sim! Tem nazista no governo sim!! Apenas abra os olhos e veja, você não deveria estar surpreso.
Até quando tolerar o intolerável? Até quando suportar abusos e repressões?
Até quando pretos e favelados irão morrer em favor dessa limpeza étnica?
Até quando você vai ficar com a bunda no sofá vendo o mundo explodir?
Essa ameaça é eminente e nós sabemos disso (sempre soubemos) mas como pacatos latino-americanos e patriotas que somos, nos mantemos submissos às interpelações e mandos e desmandos de imperialistas e extremistas ignorantes que tomam conta de tudo pois o lema é “Brasil acima de todos” assim como na Alemanha nazista.

Sempre suspeitei de que fossemos bichos, movidos pelas nossas vontades, anseios e desejos, instintos e primitivos.
Esse fogo interno que nos consome de uma hora para a outra, da noite para o dia.
Como animais sedentos por sensações quase oníricas de uma substancia qualquer… uma atmosfera estranha, cercada de névoa, como se vê apenas nos sonhos – ou quando bebemos demais ou tomamos alguma droga.
A prioridade é acreditar nos sonhos
Em entusiasmos precipitados, às vezes enxergamos a verdade que nos convém.
Porque somos humanos de espírito prematuro, a ansiedade não nos deixa esperar.
Não procuramos a servidão, algumas pessoas não reagem ao choque, são submissas ao que lhe é imposto!
O trabalho representa colocar as filosofias em dia, idéias emanadas pelo estado de espírito elevado.
A satisfação plena pelo gozo!
Buscar o prazer, a penetração profunda…
De nossas secreções e fluidos reprodutivos
A fêmea que atormenta os delírios
Pousa nua, em seu semblante as primeiras fagulhas do fogo primitivo, que move a humanidade.
Sente o borbulharão da overdose no estomago.
A força do membro em suas calças, carregado, pulsante, a cabeça é tomada pela vontade do coito!
Consumimos quase todas as drogas, menos a religião.
E assim vamos seguindo, nesse piscar que é a existência.

Banda: Immorallounge
Música: “Vermelha”
Vídeo teaser
Tempo: 0’58”
Data: 31/10/2017
………………………………………………………………

Este áudio faz parte da coleção Sunyatha Records netlabel:
https://various18.bandcamp.com

Immorallounge:
https://immorallounge.bandcamp.com/releases

Instagram:
https://www.instagram.com/immorallounge/

Facebook:
https://www.facebook.com/immorallounge/

Spotify:

…………………………………………….