Sempre suspeitei de que fossemos bichos, movidos pelas nossas vontades, anseios e desejos, instintos e primitivos.
Esse fogo interno que nos consome de uma hora para a outra, da noite para o dia.
Como animais sedentos por sensações quase oníricas de uma substancia qualquer… uma atmosfera estranha, cercada de névoa, como se vê apenas nos sonhos – ou quando bebemos demais ou tomamos alguma droga.
A prioridade é acreditar nos sonhos
Em entusiasmos precipitados, às vezes enxergamos a verdade que nos convém.
Porque somos humanos de espírito prematuro, a ansiedade não nos deixa esperar.
Não procuramos a servidão, algumas pessoas não reagem ao choque, são submissas ao que lhe é imposto!
O trabalho representa colocar as filosofias em dia, idéias emanadas pelo estado de espírito elevado.
A satisfação plena pelo gozo!
Buscar o prazer, a penetração profunda…
De nossas secreções e fluidos reprodutivos
A fêmea que atormenta os delírios
Pousa nua, em seu semblante as primeiras fagulhas do fogo primitivo, que move a humanidade.
Sente o borbulharão da overdose no estomago.
A força do membro em suas calças, carregado, pulsante, a cabeça é tomada pela vontade do coito!
Consumimos quase todas as drogas, menos a religião.
E assim vamos seguindo, nesse piscar que é a existência.

Banda: Immorallounge
Música: “Vermelha”
Vídeo teaser
Tempo: 0’58”
Data: 31/10/2017
………………………………………………………………

Este áudio faz parte da coleção Sunyatha Records netlabel:
https://various18.bandcamp.com

Immorallounge:
https://immorallounge.bandcamp.com/releases

Instagram:
https://www.instagram.com/immorallounge/

Facebook:
https://www.facebook.com/immorallounge/

Spotify:

…………………………………………….

#Mœbius by Obasquiat

obasquiat-moebius-cover-art

Band: Obasquiat
Album: #Mœbius (2017)
Launch by Sunyatha Records – Netlabel
unlimited streaming/free download:
Sobre o álbum visto e ouvido de forma onírica e lúdica
O álbum representa uma síndrome artística e sincera e iremos chama-la de síndrome de #Mœbius que é e irá representar um distúrbio neurológico de interrupção sonora eletroacústica de ideias extremamente raro.
Decorre do desenvolvimento de enchimento acústico anormal muito intenso dos nervos e grooves cranianos, resultando na morte de várias células do cérebro que refugiam as captações sonoros do universo único e onírico que são as dos músculos e do rosto, da alma da essência e virtude e por isso possui como principal característica a perda total do pudor e bom senso crítico, social e filosófico ou parcial dos movimentos que são responsáveis pelas expressões e motricidade ocular e auditiva
Apenas sujeira propagada pelo ar, transmitido por mentes insanas ou bipolares
Um som mais orgânico a banda como um todo e a exploração de novos timbres é basicamente o que define este álbum, a proposta é mostrar novas direções, camadas acústicas e novas influências e experimentação.
Os flertes variam entre o jazz livre, o rock experimental e algo de música brasileira e noise rock.
Algumas faixas têm a participação especial de amigos, grande parte do álbum foi gerado a partir do ócio criativo, este álbum apresenta composições autorais (de conteúdo questionável)
Gravado modo rústico o álbum é uma mutável transcendência de compilações antigas e registros narcisistas que irão auto dissolver ao simples toque, então divirta-se.
#alternative#experimental#avantgarde#rock #freejazz #noise